Meus Estudos Psiquicos.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Meus Estudos Psiquicos.

Mensagem  Wilson Moreno em Sab Abr 26, 2014 3:50 pm

Meus Estudos Psíquicos.

Gostaria de colocar minhas observações espiritistas e racionalistas, como sou estudioso do Espiritismo e do Racionalismo Cristão, tenho minhas próprias conclusões sobre o tema, gostaria de dizer que eu só estou colocando minha opinião somente isso.
O Mestre Luis de Mattos codificador do Espiritismo Cientifico, também condena essas praticas primitivas e atrasadas, assim como Herculano Pires.
Essa é minha opinião.
A identidade dos Espíritos desencarnados.

1)As comunicações e mensagens que vem dos espíritos desencarnados tem que ser analisadas com muito cuidado e critérios doutrinários, existe no mundo espiritual ou plano astral muitos espíritos maliciosos, astutos, mentirosos, embusteiros, hipócritas e mistificadores.
Eles podem tomar nomes falsos, nomes importantes e pomposos para iludir e enganar as pessoas.
Eles podem usar uma Linguagem melosa, suave, doce e sedutora para mistificar.
Eles podem também tomar formas perispirituais falsas para enganar os médiuns videntes, o perispirito ou corpo astral é flexível ou plasmavel ao pensamento dos espíritos, eles podem plasmar formas fluídicas falsas e se apresentarem numa reunião mediúnica e enganar os videntes.
Como evitar esses espíritos enganadores e mentirosos???
O Mestre Allan Kardec e o Mestre Luis de Mattos explanam em suas obras, que devemos passar todas as comunicações, mensagens e ensinamentos dos espíritos desencarnados pelo Crivo severo da Razão e da Lógica mais rigorosa, só devemos aceitar o que tiver um nível Racional elevado e um nível Moral positivo e nobre.
Qualquer sinal de grosseria, vulgaridade, idéias sem lógica, idéias sem base racional, idéias sem elevação moral, coisas místicas sem fundamento, vamos concluir que são espíritos atrasados que estão se comunicando.
Os Espíritos de Luz ou Espíritos Elevados possuem sempre uma Linguagem digna, nobre, pura, lógica, com idéias racionais e morais elevadas, sua Linguagem é sempre moralizadora, ensinando a pratica do Bem, da caridade e das virtudes.
Os Espíritos Elevados são Virtuosos em seus ensinamentos.
Vejamos um exemplo.
Um espírito desencarnado se manifesta numa reunião mediúnica pedindo farofa, charutos, cachaça, despachos, velas, sacrifícios de pobres animais, vamos concluir o que????
Um Espírito de Luz vai pedir essas coisas???
Claro que não, somente espíritos apegados a matéria e aos vícios e desejos terrenos é que pedem esses absurdos.
Vamos raciocinar.
Os Espíritos de Luz estão moralmente depurados, eles não possuem mais apegos a paixões matérias, vícios e desejos, quem esta apegado as sensações matérias são espíritos ainda atrasados.
Vejamos as palavras de Chico Xavier sobre essa questão.
Para espíritos de luz, ou seja, espíritos superiores e puros, não existem necessidades materiais. Os espíritos que trabalham nos terreiros, em sua grande maioria, são aqueles que ainda guardam grandes necessidades das sensações terrenas e por isso usam os médiuns para absorvelas; quando não têm, fazem-no através dos despachos. São, na classificação da Doutrina Espírita, chamados de espíritos mais simples. É claro que existem aqueles outros que, mesmo tendo condição moral mais elevada,
manifestam-se nos terreiros de Umbanda, guardando os procedimentos ali adotados.


Chico Xavier fala, que os Espiritos de Luz não possuem necessidades matérias.

Repetimos, espíritos que pedem essas coisas matérias não são Espíritos de Luz, não são Espíritos Elevados, são espíritos moralmente atrasados e muito deles podem ser maldosos, intrigantes, maliciosos e obsessores, cuidado, fique esperto nesses assuntos.
Não se deixe seduzir pela Linguagem melosa, suave e doce desses espíritos ( espíritos de caboclos e preto velhos) eles falam macio.
São lobos em pele de ovelhas.
Muitas pessoas pensam só por que um espírito quando encarnado foi preto velho ou índio é um Espirito bom ou de Luz.
Existe muitos pretos velhos, brancos velhos e índios que quando estavam encarnados, foram pessoas maldosas, desonestas, egoístas, intrigantes, viciosos, as qualidades morais não estão na matéria física ou matéria corporal estão no Espírito que é o ser pensante.
Não é por que um espírito quando estava encarnado foi branco, negro, mestiço ou amarelo, que ele quando desencarnar vai ser um Espírito Bom e de Luz, nada disso.
Existe muitos espíritos desencarnados de brancos e negros que são espíritos impuros e obsessores.
Veja o que o Grande Divaldo Franco fala sobre essa questão.
“ nós achamos que o fato de ter sido preto e velho, tem que ser Espírito Bom, e não é.
Pois houve muito preto velho escravo que era mau, tão cruel quanto o branco, insidioso e venal. O fato de ter sido preto ou branco não quer dizer que seja um Espírito Bom.”

2)Veja as palavras de Divaldo.
"... Na cultura brasileira, remanescente do africanismo, há uma postura muito pieguista, que é a do preto velho. E muitas pessoas acham que é sintoma de boa mediunidade ser intrumento de preto velho. Quando lhe explicamos que não há pretos velhos, nem brancos velhos, que todos são Espíritos, ficam muito magoadas, dizendo que nós, espíritas, não gostamos de pretos velhos. E lhes explicamos que não é o gostar ou não gostar. Se tivessem lido em 'O Livro dos Médiuns', 'O Laboratório do Mundo Espiritual', saberiam que se a entidade mantém determinadas características do mundo físico, é porque se trata de um ser atrasado. Imagine o Espírito que manquejava na Terra, porque teve uma perna amputada, ter de aparecer somente com a perna amputada. Ele pode aparecer conforme queira, para fazer-se identificar, não que seja o seu estado espiritual. Quando, ao retornar à Pátria da Verdade, com os conhecimentos das suas múltiplas reencarnações anteriores, pode apresentar-se conforme lhe aprouver.

Então, a questão do preto velho é um fenômeno de natureza animista africanista, de natureza piegas. Porque nós achamos que o fato de ter sido preto e velho, tem que ser Espírito bom, e não é. Pois houve muito preto velho escravo que era mau, tão cruel quanto o branco, insidioso e venal. E também houve e há muito branco velho que é venal, é indigno e corrompido. O fato de ter sido branco ou preto não quer dizer que seja um Espírito bom.

Cabe ao médium ter cuidado com esses atavismos, e quando esses Espíritos vierem falando errado, ou mantendo os cacoetes característicos das reencarnações passadas, aclarar-lhes quanto à desnecessidade disso. Porque se, em verdade, o preto velho quer falar em nagô, que fale em nagô, mas que não fale um enrolado que não é coisa nenhuma. Ou, se a entidade foi alemã na Terra e não logre falar o idioma do médium, que fale alemão, mas que não fale um falso alemão para impressionar. O médium só poderá falar o idioma no qual ele já reencarnou em alguma experiência passada. Desde que não há milagres nem sobrenatural, o médium é um instrumento. Sendo a mediunidade um fenômeno orgânico, o Espírito desencarnado vai utilizar o que encontre arquivado no psiquismo do médium, para que isto venha à baila." (Extrato de um ensaio do médium Divaldo Pereira Franco, que tem como título "Consciência")

3) É por isso que eu falo, devemos raciocinar muito nesses assuntos.
Todos as comunicações mediúnicas tem que ser analisadas pelo Crivo severo da Razão e da Lógica mais rigorosa, só devemos aceitar aquilo que tem uma base Racional e Moral elevada, os espíritos embusteiros e mistificadores não suportam o exame racional das suas mensagens  e comunicações.
Vejamos as palavras do Mestre Kardec sobre essa questão.

“Os maus Espíritos temem o exame; eles dizem: 'Aceitai nossas palavras e não as julgueis.' Se tivessem a consciência de estar com a verdade, não temeriam a luz. O hábito de escrutar as menores palavras dos Espíritos, de pesar-lhes o valor, distancia forçosamente os Espíritos mal intencionados, que não vêm, então, perder inutilmente seu tempo, uma vez que se rejeite tudo o que é mau ou de origem suspeita. Mas quando se aceita cegamente tudo o que dizem, que se coloca, por assim dizer, de joelhos diante de sua pretensa sabedoria, fazem o que fariam os homens - disso abusam.” (Allan Kardec, Escolhos dos Médiuns, Revista Espírita, fevereiro de 1859)

Como disse Kardec, os maus espíritos temem o exame.

4) Muitos centros de umbanda, candomblé, quimbanda e centros de magia, praticam sacrifícios de pobres animais e evocam espíritos desencarnados para tratar de assuntos matérias vulgares como, sorte com o dinheiro, sorte com as mulheres, volta da pessoa amada,
revelar tesouros ocultos, predizer o futuro etc...
Os Espíritos de Luz ou Espíritos Elevados jamais vão tratar de assuntos matérias vulgares como esses, os Espíritos de Luz só tratam de assuntos morais nobres e importantes para nossa evolução espiritual.
O s Espíritos de Luz pregam o Bem, a caridade, a educação, a disciplina, a ordem, as virtudes, a honestidade, é um grande erro pensar que os espíritos elevados vão se misturar com essas coisas de baixo nível moral.
Uma outra questão importante, os Animais são nossos irmãos menores na escala evolutiva, devemos respeitar e amar os animais esse é o nosso Dever, pessoas ignorantes e maldosas sacrificam animais inocentes nesses rituais sangrentos e primitivos para agradar espíritos inferiores e obsessores do plano astral, esses espíritos inferiores vão sugar os fluidos vitais do SANGUE desses pobres animais, é por isso que eles pedem tais sacrifícios, é para alimentar o vampirismo.
Vocês acham que Espiritos Superiores vão pedir sacrifícios de animais, despachos, velas, cachaça e charutos, procurem raciocinar, não seja vaidoso, seja espírita racionalista.
Existe muitos centros de umbanda que não praticam tais absurdos e muitos umbandistas sérios e corretos também repelem essas coisas.

5) Algumas pessoas falam que o uso de charutos e cachaça usado pelos espíritos desencarnados nos centros de umbanda são para realizar trabalhos espirituais de cura ou desfazer trabalhos de magia negra.
Vejamos, cachaça e charutos virou remédio espiritual, virou energia espiritual positiva, para realizar curas, os Espíritos Superiores e os Bons espíritos pedem cachaça e charutos nos seus trabalhos???
Isso não tem base Racional isso é pura ignorância.
Perguntamos, vocês acham que os Espíritos de Luz vão precisar dessas coisas???
Para realizar curas espirituais têm que ser usados fluidos puros, suaves e luminosos dos planos superiores e somente os Espíritos Elevados podem manipular esses fluidos luminosos.
Quem pede essas coisas matérias são espíritos inferiores ainda apegados a matéria e aos vícios e desejos terrenos, como eles não possuem mais seus corpos físicos para saciarem esses vícios e desejos torpes, eles vão se encostar num encarnado que esteja bebendo ou fumando e vão sugar as emanações fluídicas da nicotina  e do álcool, esse é o vampirismo psíquico.
Esses médiuns da umbanda e do candomblé que ficam usando cachaça, cigarros e charutos são VAMPIRIZADOS por espíritos obsessores do plano astral.
É ridículo pensar que os Espíritos Superiores e os Espíritos de Luz vão pedir velas, cachaça, charutos, cigarros, despachos e sacrifícios de pobres animais.
O mundo espiritual é regulado pela Lei das atrações psíquicas ou sintonia vibratória, os semelhantes se atraem e os diferentes se repelem, esses médiuns que usam essas coisas estão atraindo espíritos desencarnados que também gostam dessas coisas negativas, ou seja, espíritos moralmente atrasados.
Cachaça, cigarros, charutos vão atrair espíritos inferiores ainda viciados nessas substancias tóxicas e muitas pessoas falam que os Espíritos de Luz pedem isso, é muita ignorância.
Esses centros de macumbas são verdadeiros chiqueiros espirituais cheios de imundícies morais, e somente espíritos sujos e impuros atuam nesses chiqueiros.


6) Os Espíritos de Luz só podem se aproximar de um ambiente, quando esse ambiente tem pessoas com pensamentos elevados, nobres e positivos, pela sintonia vibratória dos pensamentos o bem tem sintonia com o bem e o mal tem sintonia com o mal.
Para se atrair os Espíritos de Luz ou Espíritos Elevados temos que criar um ambiente moralmente positivo com intenções puras e honestas na pratica sincera do Bem, da caridade e das Virtudes, temos que cultivar a prece sincera e pensamentos nobres, temos que ter disciplina e ordem moral.
Os Espíritos de Luz vão é nas reuniões serias que tem por base a elevação Moral e a pratica das Virtudes.
Perguntamos.
Vocês acham que os espíritos elevados vão nesses centros que tem sacrifícios de animais, despachos, cachaça, cigarros e charutos???
Vocês acham que os espíritos elevados ou espíritos de Luz vão pedir essas coisas???
Uma outra questão
Os assuntos tratados nesses centros de macumbas são assuntos matérias vulgares como, sorte com o dinheiro, sorte com as mulheres, predizer o futuro, volta da pessoa amada, revelar tesouros escondidos etc...
Perguntamos.
Vocês acham que os Espiritos Superiores ou Espiritos de Luz vão tratar desses assuntos matérias mesquinhos e vulgares terra a terra??
Somente espíritos inferiores e obsessores da atmosfera terrena é que tratam dessas porcarias, portanto, esses centros de macumbas são verdadeiros chiqueiros espirituais, como explicou o Mestre Luiz de Mattos em seu Livro Cartas Oportunas sobre Espiritismo.
Os espíritos de Luz não precisam sugar a energia vital das pessoas para se comunicarem, eles precisam de Correntes de Pensamentos puros, elevados e nobres, para se sintonizar nessas correntes e baixar vibratoriamente  ate o plano terreno.
Eles precisam de Correntes fluídicas positivas e moralmente elevadas.

Não estou criticando pessoas estou analisando somente idéias e princípios.



Wilson Moreno

Wilson Moreno

Mensagens : 10
Data de inscrição : 22/04/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum